Capsaicina, a medicação que veio da pimenta!

DSC00316

A Capsaicina é uma substância derivada das pimentas vermelhas (como pimenta malagueta), responsável pela sensação de ardência desencadeada por este alimento. Do ponto de vista medicinal, é utilizada topicamente, atuando como moduladora da Substância P, uma substância envolvida nos processos de sensibilização periférica na dor crônica. Algumas formulações terapêuticas são vendidas como cremes e, mais atualmente, adesivos de capsaicina em altas doses. Este tipo de adesivo ainda não está disponível no Brasil, mas já é bastante utilizado nos EUA e Europa. Seu uso clínico envolve o tratamento de neuropatias periféricas, como aquela causada por sequela de infecção pelo herpes-zoster ou outras neuropatias localizadas. Para o uso do creme de capsaicina, quando prescrito por um médico habilitado, deve-se aplicar o creme no local recomendado, deixando-se por um período limitado, de 15 minutos até 1 hora, e lavar o local após este uso, evitando-se irritação local prolongada. Sempre lavar as mãos após a manipulação do produto.

4 comentários sobre “Capsaicina, a medicação que veio da pimenta!

  1. Boa noite, onde encontro os adesivos de capsaicina, sou portadora de neuropatia periferica, e descobri esse produto em um site Portugues mas no Brasil não consigo encontrar. Peço ajuda!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *