Nutrição e Dor


Tips for Nutrition and Pain Management: dicas para nutrição e dor crônica segundo IASP Factsheet 2020. 1) Reduzir a inflamação e efeito oxidativo usando polifenóis presentes em frutas e vegetais. Dica prática: usar frutas e vegetais congelados para evitar várias idas ao supermercado. Frutas vermelhas são ótima opção. Incluir vegetais e frutas em metade dos pratos e usar tomates e lentilhas em massas e molhos.
2) Incluir gorduras de qualidade como Omega 3 e azeite de oliva que reduzem a inflamação e melhoram o sistema imune. Dicas: peixes como salmão e sardinha, nozes, usar azeite de oliva extra virgem em saladas e para cozinhar. Evidências sugerem que suplemento de Ômega 3 pode reduzir a dor da artrite reumatoide.
3) Prevenir déficit de vitaminas e minerais: principalmente vitamina D, B12 e magnésio. Dica: carne, peixe e laticínios são boas fontes de vitamina B12, peixes e ovos de vitamina D e vegetais de folhas verdes e cereais integrais são ricos em magnésio. A vitamina D também pode ser obtida a partir da exposição ao sol (10 a 15 minutos de sol por dia).
4) Ingestão de água: A desidratação pode aumentar a sensibilidade à dor. Dica: Objetivo 2-3 litros / dia incorporando entre refeições e usar alimentos com maior teor de água, sopas, frutas e iogurtes. Encha uma garrafa de água todos os dias e leve consigo. 5) Aumentar as fibras: importante para a digestão e manutenção adequada da flora intestinal e peso. Um adulto precisa em média de 25 g por dia. Dica: pães integrais (2 fatias = 6g), cereais matinais (3/4 xícara = 4,5g), psyllium (1 colher de sopa = 2g), legumes mistos (1 / 2 xícaras = 4g), frutas com a pele (1 maçã = 2g).
6) Reduzir e limitar a ingestão de alimentos e açúcares ultraprocessados: muitas calorias, baixo índice de nutrientes e aumento de inflamação. Dica: Troque refrigerantes por água mineral e escolha opções saudáveis ​ ​​de lanches, como frutas, palitos de legumes ou iogurte com gordura reduzida. Em vez de comprar os alimentos, tente cozinhar em casa com mais frequência.
Iasp-pain.org.

#viversemdor #iasp #painprevention


 

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *