Bloqueios em Dor Crônica

DSC00634

Os bloqueios anestésicos são métodos de tratamento em dor crônica que podem ajudar bastante na melhora do paciente. São também alternativas às medicações por via oral, objetivando a redução das doses de medicações e sua melhor eficácia. São realizados a partir de injeções locais em determinados nervos, músculos ou articulações, dependendo do tipo de dor apresentada. Utilizam em sua maioria, anestésicos locais, como a lidocaína ou corticoides em baixas doses. Uma vez indicados, podem ser realizados uma única vez ou em uma sequência de aplicações, dependendo do caso.

Algumas questões dos pacientes são realizadas com frequência:

“Este bloqueio cura a dor?”

O objetivo principal é diminuir a intensidade e frequência da dor, melhorando a capacidade física e qualidade de vida do paciente, embora possa acontecer em alguns casos de o bloqueio suprimir completamente a dor. Manter expectativas realistas ajuda a entender o tratamento.

“Posso apresentar uma reação alérgica?”

Sim, existem alguns casos de reação alérgica aos anestésicos, mas, felizmente, são muito raros. Geralmente, os bloqueios anestésicos são realizados por médicos habilitados, em ambientes seguros e equipados com medicações e suporte para tratar uma possível e rara reação alérgica.

“O bloqueio é doloroso?”

O princípio de não maleficência é a primeira regra da medicina. Não indicamos um tratamento que pode ser pior que a doença. Logo, na maior parte dos casos de pacientes com dor crônica, os bloqueios são muito menos dolorosos que a própria dor.

“Se forem utilizados corticoides posso engordar ou ficar inchado?”

Geralmente as dose de corticoides utilizadas em alguns bloqueios (nem todos os bloqueios os utilizam) não são altas o suficiente para causar retenção de líquido ou edema. São doses leves, anti-inflamatórias e não imunossupressoras, que são menos deletérias que o uso crônico d ecertos analgésicos. Por exemplo, anti-inflamatórios não esteroidais podem causar lesão renal, úlceras gástricas ou danos cardíacos.

Converse com seu médico para esclarecimentos sobre os procedimentos em dor. Muitas dúvidas podem ser esclarecidas e o melhor tratamento para seu caso será proposto.

2 comentários sobre “Bloqueios em Dor Crônica

    • Olá Marcos,

      Temos colegas que trabalham com dor crônica e realizam bloqueios em todo o Brasil.
      Me diga onde reside e posso indicar alguém mais perto.

      Atenciosamente,

      Dra Karen

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *